Agenda

Diocese de Guarapuava prepara XXIII edição do Cenáculo de Pentecostes

O evento que todos os anos reúnem milhares de pessoas; será realizado no dia 20 de maio de 2018, no Vittace Centro de Eventos, em Guarapuava. Os ingressos custam R$ 15,00.

18/05/2018 10:05:00


Com o tema: “Necessário é nascer de novo” (Jo 3, 7b), a Renovação Carismática Católica (RCC) da diocese de Guarapuava, promove a XXIII edição do Cenáculo de Pentecostes.

O evento que todos os anos atrai milhares de pessoas de todos os pontos da diocese; será realizado no dia 20 de maio de 2018, no Vittace Centro de Eventos, em Guarapuava.

Os trabalhos terão início às 08 horas da manhã e dura o dia todo.

Música, louvor, apresentações e palestras fazem parte dos trabalhos de evangelização.

Já confirmaram presença no evento, os padres Vicente de Paula Neto e Jean Patrik Soares. Ironi Spuldaro também fará pregação no encontro que será encerrado com um show do cantor católico Tony Allysson.

Para a coordenadora da RCC na diocese, Maria Celia Faria Guimarães, o momento é de preparação e expectativa para o encontro que tem um grande significado para a Igreja. “A festa de Pentecostes é um dos momentos mais importantes para todos nós. Estamos felizes em preparar mais esta edição do Cenáculo. É uma festa de todos e, por isso, cada um deve se sentir convidado a participar desta celebração”, sublinhou a coordenadora.

SERVIÇO

Os ingressos para o XXIII Cenáculo de Pentecostes podem ser adquiridos ao preço de R$ 15,00, no escritório da RCC, quarto andar do Edifício Nossa Senhora de Belém, sala 402 ou também na Livraria Nossa Senhora de Belém, no térreo do mesmo edifício, Rua XV de Novembro, 7466, centro de Guarapuava.

Pastorais, movimentos além de membros da RCC também terão ingressos para vender.

“Este valor de R$ 15,00, será para custeio das despesas e pagamento do show. As dioceses vizinhas já confirmaram presença e isto nos deixa muito feliz, mas vale destacar que este é um evento da diocese de Guarapuava e, por isso, a participação de todas as paróquias e comunidades é essencial para mantermos sempre a beleza deste encontro”, sublinhou Maria Celia.