quarta-feira, 3 de junho de 2020

Notícias Paroquiais

GUARAPUAVA: Pastoral da Pessoa Idosa da paróquia Sant’Ana faz surpresa a moradores assistidos

Cartazes com frases de amor e afeto foram colados nos portões e muros das casas dos idosos que recebem atendimento da paróquia. Segundo a coordenação, o momento requer força, paciência e muita oração.

22/05/2020 16:36:00


Em tempos de dificuldades como o momento pelo qual passa o mundo, por causa da pandemia do Coronavírus, o amor e a solidariedade não podem faltar em nenhuma circunstância.

Pensando nisso e levando em conta os ensinamentos cristãos, a Pastoral da Pessoa Idosa da paróquia Sant’Ana, em Guarapuava, promove pequenas ações, mas que fazem toda a diferença para as pessoas atendidas.

Implantada na comunidade no início deste ano, as integrantes da Pastoral continuam com os trabalhos no cuidado com os idosos, mesmo em período de quarentena.

Por causa do distanciamento social imposto pelas autoridades de saúde, na tentativa de conter o avanço da Covid-19, outras estratégias de atendimento precisaram ser criadas, conforme explicou a coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa na paróquia, Ana Paula Moliani. Segundo ela, em muitas pastorais, há diversas formas de se entrar em contato com as pessoas assistidas, principalmente neste momento delicado. O que não ocorre com a Pastoral da Pessoa Idosa na paróquia, por se tratar de uma Pastoral muito recente e ainda com pouca estrutura. No entanto, isso não impediu que as agentes realizassem um verdadeiro gesto concreto e de amor a quem mais precisa neste momento.

Durante a madrugada, os voluntários passaram nas casas dos idosos e colaram nos muros ou portões, cartazes escritos à mão, com palavras de afeto e apoio, em atenção ao momento turbulento, por causa da pandemia. “Tivemos a ideia de levar um gesto de amor, de carinho e afeto a cada uma das pessoas que fazem parte da Pastoral da Pessoa Idosa. Queríamos fazer isso quando eles estivessem dormindo, para que os idosos não nos vissem, até mesmo, por prevenção, uma vez que seria muito difícil vê-los à distância e não lhes dar atenção. Remetendo ao um costume do passado, junto com os cartazes, decidimos deixar um galhinho de árvore ou uma flor no portão, sinalizando que estivemos ali e que nos importamos e amamos todos eles. Cada um recebeu um cartaz diferente, feito à mão, com expressão do nosso carinho, amor, atenção e preocupação”, explicou a coordenadora.

Ana Paula destacou também, que mesmo no curto período de atuação da Pastoral da Pessoa Idosa na paróquia Sant’Ana, que precisou ser interrompida por causa do Coronavírus, vários trabalhos foram desenvolvidos junto aos assistidos, como a realização de palestras com dicas de saúde e bem-estar, por exemplo. “Mesmo neste curto período de trabalho, conseguimos promover algumas ações de ajuda às pessoas idosas, como palestras sobre higiene e instruções de bem-estar. Eles aprenderam alguns exercícios físicos que podem fazer em casa e que é de grande ajuda para a saúde”, destaca.

A esperança de todos, segundo a coordenadora, é que a pandemia passe o mais rápido possível para que as atividades sejam retomadas. Até lá, conforme pontua, o melhor é que todos, mas principalmente os idosos, se mantenham em casa como medida necessária de contenção da doença.

 

Galeria de Fotos