quinta-feira, 9 de julho de 2020

Notícias

Adiada para 2021 a 58ª edição da Assembleia da CNBB

A decisão foi aprovada pelos cerca de 78 membros que integram o Conselho da entidade como medida de prevenção ao contágio do novo Coronavírus.

26/06/2020 11:18:00


Reunido virtualmente, pela plataforma Zoom, em 25 de junho, o Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) adiou a sua 58ª Assembleia Geral para abril de 2021, em conformidade com o artigo 52 do Estatuto Canônico e o artigo 203 do Regimento da Conferência. Em março deste ano, a presidência da CNBB, tendo ouvido o mesmo Conselho, havia adiado o encontro dos bispos do Brasil para agosto deste ano.

Segundo o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella Amado, a decisão foi aprovada, na manhã de 25 de junho, pelos cerca de 78 membros que integram o Conselho da entidade como medida de prevenção ao contágio do novo Coronavírus.

Os bispos também avaliaram o texto preparatório da próxima assembleia do episcopado brasileiro. O tema central da 58ª Assembleia-Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estará relacionado ao primeiro pilar proposto nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE): a Palavra de Deus.

Segundo o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, está em curso um processo de “pentecostalização” do cristianismo no Brasil e o texto do tema central da 58ª Assembleia do Episcopado do Brasil, centrado na Palavra de Deus, poderá contribuir com uma abordagem mais prática para que os cristãos vivam a sua fé de forma coerente.

O até então núncio apostólico no Brasil, Dom Giovanni d’Aniello, participou da reunião e despediu-se dos membros do Conselho Permanente e da CNBB. No dia 1º de junho, ele foi nomeado para ser núncio apostólico na federação Russa.

Além desses assuntos, os membros do Conselho Permanente discutiram o Plano Estratégico de Comunicação da entidade; os presidentes dos 18 Regionais e as Comissões Episcopais Pastorais da CNBB deram informes sobre a sua realidade, considerando o contexto da pandemia da COVID-19. Também foram abordados o itinerário para reformulação do Estatuto e a metodologia de análise da conjuntura eclesial, a ser consolidada em reunião em 30 de junho. A reunião ainda foi ocasião para divulgação do informe financeiro da entidade.

O Conselho Permanente da CNBB, segundo o Estatuto e Regimento da entidade, é responsável pela orientação e acompanhamento da CNBB e dos organismos a ela vinculados. O Conselho Permanente é constituído pela presidência, presidentes das comissões episcopais e membros eleitos dos 18 conselhos episcopais regionais. Tem caráter eletivo e deliberativo.

CNBB