Notícias

Aos 69 anos, morre o artista sacro Cláudio Pastro

Pastro foi, reconhecidamente, um dos maiores artistas sacros do Brasil. Ele morreu na madrugada de hoje, 19, no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo. Ele estava internado há vários dias.

19/10/2016 09:08:00


Morreu hoje, dia 19, às 02h26, no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo SP, o artista sacro Cláudio Pastro. Seu corpo será velado no Mosteiro Nossa Senhora da Paz, em Itapecerica da Serra SP. Seu sepultamento será hoje, às 16h, no cemitério do Mosteiro.

Desde 1975 Pastro dedicou-se à arte sacra, tendo cursado teoria e técnicas de arte na Abbaye Notre Dame de Tournay (França), no Museu de Arte Sacra da Catalunha (Espanha), na Academia de Belas Artes Lorenzo de Viterbo (Itália), na Abadia Beneditina de Tepeyac (México) e no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

Pintou vitrais, azulejos, altares, cruzes, vasos sagrados e esculturas para presbitérios, capelas, igrejas, mosteiros e catedrais, não só no Brasil, mas também na Argentina, Bélgica, Itália, Alemanha e Portugal.

Ilustrou os seguintes livros: Os diálogos de São Gregório Magno (Alemanha), Vida de Santo Antônio (Itália), Músicas natalinas para crianças (Itália), A Virgem de Guadalupe (Alemanha, Espanha e Brasil), entre outros.

Ministrou cursos de Estética e Arte Sacra em seminários, escolas teológicas, mosteiros, museus e faculdades. Ele também se dedicou ao vasto projeto de ambientação da Basílica Nacional de Aparecida.

Um dos seus trabalhos de grande repercussão foi o painel de arte sacra da Catedral Divino Espírito Santo em Jataí, Goiás.

Foi o artista escolhido pela Santa Sé para conceber a imagem do Cristo Evangelizador do Terceiro Milênio, para as celebrações do Jubileu do ano 2000, obra que se encontra permanentemente exposta no Vaticano.

Pascom com informações da Wikipedia

Galeria de Fotos