Notícias

Dom Antônio Wagner da Silva deixa UTI, mas continua internado em Roma

Segundo informações do padre da diocese de Guarapuava, Antônio Ailson Aurélio, que trabalha em Roma, o bispo da diocese de Guarapuava apresentou melhoras significativas.

30/01/2018 12:08:00


Acometido por uma pneumonia, o bispo da diocese de Guarapuava, Dom Antônio Wagner da Silva permanece internado no Hospital Cristo Rei (foto), em Roma.

Hoje, dia 30 de janeiro, informações repassadas pelo padre Antônio Ailson Aurélio, que está na Itália, dão conta de que o bispo deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e está reagindo muito bem ao tratamento médico, mas ainda depende do auxílio de aparelho de oxigênio para respirar.

Dom Wagner estava em Roma participando de um encontro dos bispos da sua congregação, os Dehonianos, quando foi acometido pelo problema de saúde.

A diocese de Guarapuava pede para que os fiéis o incluam em suas orações, em sinal de comunhão e solidariedade.

Dom Wagner nasceu no dia 25 de março de 1944, na cidade de Luz, em Minas Gerais. Foi ordenado padre no dia 11 de dezembro de 1971, pela congregação Sagrado Coração de Jesus (SCJ) e nomeado bispo em 29 de março de 2000 quando passou a atuar como bispo-coadjutor, em Guarapuava. Depois da aposentadoria de Dom Giovanni Zerbini, Dom Wagner tornou-se bispo diocesano e atua até hoje à frente da Igreja Particular. Seu lema episcopal é: “Sint Unum”. (Que todos sejam um).

Com informações da Central Cultura de Comunicação