Notícias

Ação cada comunidade uma nova vocação é apresentada para cerca de cem mil pessoas

Durante celebrações, padre Mário Spaki apresentou também a Ação Evangelizadora: Cada Comunidade uma Nova Vocação, exortando os romeiros a rezar uma dezena do terço pelas vocações.

28/02/2018 09:07:00


A Igreja do Paraná se fez presente na maior romaria da diocese de Vacaria (RS). Nos dias 24 e 25 de fevereiro, padre Mário Spaki, secretário executivo do Regional Sul 2 da CNBB, a convite de Dom Irineu Gassen, fez a pregação em duas celebrações da Romaria a Nossa Senhora Consoladora, de Ibiaçá (RS).

A cidade de Ibiaçá (RS), que possui cerca de três mil habitantes, nesses dois dias acolheu mais de 100 mil romeiros, na sua maioria dos Estados do Sul do Brasil, que foram ao encontro da Mãe Consoladora para agradecer e buscar graças. Essa foi a 66ª edição da festa que cresce a cada ano. No fim de semana, que conclui a festa, muitos percorrem quilômetros a pé, a cavalo, de bicicleta, de ônibus para participar das celebrações, procissões e também se confessar. Nos dias da Romaria, a pequena cidade de Ibiaçá se torna como que a sede da diocese de Vacaria. O bispo e a maioria dos padres ficam à disposição do povo para as celebrações eucarísticas e atendimento de confissões. Para que essa festa aconteça, a paróquia também conta com a colaboração de um terço de seus habitantes, pois mais de mil voluntários se põem a serviço, em trabalhos incansáveis.

Na missa do sábado à noite, com uma multidão reunida na praça, na rua e ao redor do Santuário padre Mário falou aos romeiros sobre as três formas de se relacionar com Nossa Senhora. “A primeira delas é por meio das romarias que fazemos aos Santuários para ir ao encontro da Mãe, a segunda é por meio das orações que fazemos a Nossa Senhora, dentre as quais o Rosário. E por fim, a terceira forma é sendo ‘outra’ Maria, imitando seu exemplo de mãe e discípula de Jesus”. Após a missa houve uma procissão luminosa conduzida por um carro-andor, belamente adornado, que levou a imagem de Nossa Senhora Consoladora e no meio da multidão havia crianças vestidas de anjo. Um momento comovente concluído com a bênção final e uma bateria de fogos de artifício para homenagear Nossa Senhora.

No domingo, apesar do sol forte durante a missa das 10 horas, uma multidão de peregrinos novamente se reuniu na praça, alguns com guarda-chuvas outros procurando uma sombra embaixo das árvores, dentro e ao redor do Santuário para participar. Na sua pregação padre Mário se reportou ao tema da Romaria: No colo da Mãe o consolo dos aflitos e falou sobre a passagem do Evangelho em que Maria acolhe em seus braços o seu filho morto após a crucificação. Na dor de Maria, muitas mães se identificam e, ao mesmo tempo, encontram consolo e forças. Depois foram convidados para ir ao altar um grupo de homens, mulheres, jovens e famílias, para segurar o andor de Nossa Senhora Consoladora e rezar.

Durante as duas celebrações, o sacerdote paranaense apresentou também a Ação Evangelizadora: Cada Comunidade uma Nova Vocação, exortando os romeiros a incluir em suas orações a Maria o pedido para que o Senhor da Messe envie vocações para a Igreja. “Celebrar e pregar nessa romaria foi para mim um marco em meu ministério sacerdotal” afirmou padre Mário.

 

Regional Sul 2 com diocese de Vacaria

Fotos: Matheus Pellin

Galeria de Fotos