Notícias

Decanato Centro da diocese de Guarapuava promove encontro de funcionários

Em consonância com a Campanha da Fraternidade, “Violência” foi o tema escolhido para o encontro. Padre Jean Patrik Soares, vigário da Catedral Nossa Senhora de Belém, assessorou os trabalhos.

21/03/2018 09:42:00


Aproximadamente noventa pessoas que trabalham para as paróquias, comunidades e instituições do Decanato Centro da diocese de Guarapuava, participaram de um encontro de formação no dia 20 de março.

O evento que é previsto em calendário, desta fez foi realizado no salão social da paróquia Santos Anjos, Bairro São Cristóvão, em Guarapuava.

O padre Jean Patrik Soares, vigário da Catedral Nossa Senhora de Belém, foi o assessor dos trabalhos que teve como foco o tema da Campanha da Fraternidade (CF) deste ano, “Fraternidade e superação da violência” e lema “Em Cristo somos todos irmãos”. (Mt 23,8).

“A violência pode estar nos lugares mais improváveis e se manifesta de muitas formas. A formação, a educação e a vivência cristã são fatores primordiais no combate a este tipo de problema que, cada vez mais, machuca nossa sociedade e fere a dignidade de cada um”, destacou padre Jean durante os trabalhos.

Os problemas pelos quais o Brasil e o mundo passam, conforme lembrou o padre, têm deixado muitas feridas nas famílias e, em muitas vezes, provocado a degradação e a extinção destas. “Não há como negar que esta onda crescente de violência tem afetado e muito as famílias, a sociedade, de um modo geral. Como cristãos, não podemos simplesmente abaixar nossas cabeças e deixar que as coisas aconteçam sem que façamos algo. Devemos ter em mente que podemos trabalhar nossa formação e canalizar nossos esforços para coisas boas. Os maus hábitos se tornam vícios, mas os bons hábitos se tornam virtudes. Quem é odiado, tende a odiar, mas quem é amado, tende a amar e é em função deste amor que devemos lutar, pensar e agir. Como cidadãos, temos o dever de cumprir as leis, mas como cristãos, temos a obrigação de fazer o extraordinário, de agir para além do óbvio”, discorreu padre Jean.

À tarde a coordenação do encontro promoveu um trabalho em grupo e o tema discutido foi “Depressão”. Houve espaço para partilha de informações e, ao final, foi pedido que para o próximo encontro, haja a presença de um profissional de saúde para falar sobre o assunto.

Aniversariantes dos meses de janeiro, fevereiro e março receberam presentes. Houve uma confraternização ao final do encontro.