Notícias

Jovem da diocese de Jacarezinho é enviada para Missão na África

Esta é a primeira fez que a diocese de Jacarezinho envia um missionário para trabalhar em terras estrangeiras.

08/05/2018 10:52:00


A diocese de Jacarezinho (PR) celebrou, em 06 de maio de 2018, o envio da jovem Mariana Baião para a Missão Católica Beato Paulo VI, na Guiné-Bissau, África. A missa na matriz da paróquia Santo Antônio de Pádua, em Santo Antônio da Platina, foi presidida pelo bispo diocesano, Dom Antônio Braz Benevente, e concelebrada pelos padres Rosinei Toniette, Nelson Gualiume, Marco Antônio Norberto da Costa. A celebração também contou com as presenças de seminaristas, familiares e amigos da missionária.

Antes do início da missa foi feito a entronização dos santos padroeiros das missões: São Francisco Xavier e Santa Terezinha do Menino Jesus, realizada pelo Grupo de Cantos Sementinhas e pela Infância Missionária.

No momento do Creio, Dom Antônio acendeu a vela no Círio Pascal e entregou a Mariana, que ficou de joelhos, e os padres impuseram-lhe as mãos rezando pelo seu envio. Em seguida Maria Luiza, que também fez essa caminhada do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), entregou à Mariana a Bíblia, e Odaril José da Rosa, Coordenador do Conselho Missionário Regional (COMIRE) entregou a Cruz.

Em sua homilia, Dom Antônio afirmou: “comemorando os 92 anos da diocese de Jacarezinho e estamos enviando a primeira missionária jovem à missão. Que seja um sinal para que os outros jovens se sintam motivados a caminhar em missão”. Brincando, Dom Antônio, disse que Mariana “tem oito anos para ficar na Guiné-Bissau, devendo voltar para o centenário da diocese”. O bispo fez ainda uma retrospectiva dos evangelhos anteriores, nos quais Jesus diz ser o Bom Pastor, ser a Videira, e hoje pede para permanecer no seu amor e no próximo enviará os discípulos para irem ao mundo pregar o Evangelho. “Nesta missa de envio, estamos fazendo com que o ide aconteça”, enfatizou Dom Antônio que, por fim, parabenizou os pais de Mariana pela coragem de doá-la à missão.

No ofertório foram apresentadas flautas doces que serão doadas para a missão de Guiné-Bissau. A catequista da Primeira Comunhão de Mariana se comprometeu, juntamente com a comunidade, a rezar pela missionária.

"Após a bênção final, Mariana foi convidada a ir até a frente para receber o abraço e uma rosa dos amigos. Entre lágrimas, ela sentiu o carinho de todos",descreve a Pastoral da Comunicação (Pascom), em nota..

Mariana, junto com Frei Bernardo Luz, da diocese de Umuarama, no norte do Paraná, viajará para Guiné-Bissau no próximo dia 19 de maio. “Agradecemos a generosidade desses missionários e pedimos para eles as graças para viverem a anunciar Jesus com alegria junto ao povo guineense”, finaliza a nota da Pascom.

 

Regional Sul 2 da CNBB