Notícias

Santuário Nacional de Aparecida sedia Seminário Nacional da Vida Consagrada

A mística acontece num processo de se deixar amar e seduzir por Deus. A oração nutre a mística. Assim fazia Jesus. “Permanecia em lugares desertos e orava” (Lc 5,16).

11/05/2018 08:38:00


O Santuário Nacional de Aparecida (SP) recebeu, de 04 a 08 de maio, o Seminário Nacional da Vida Consagrada realizado pela Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB). Mais de 500 superiores de institutos e congregações e religiosos com os mais diversos carismas participaram do encontro.

O tema central do evento foi “Mística e Profecia na missão comunitária” e o lema “Saiamos, às pressas, com Maria, aonde clama a vida” trouxe para o encontro a cena da Visitação de Maria à prima Isabel.

“Este é um tema que a gente está refletindo há bastante tempo, que é a missão da vida consagrada. Saiamos, às pressas é um convite bíblico para nós, neste convite que Nossa Senhora nos faz para sairmos como ela ao encontro da vida”, disse a presidente da CRB, irmã Maria Inês Ribeiro.

A mística acontece num processo de se deixar amar e seduzir por Deus. A oração nutre a mística. Assim fazia Jesus. “Permanecia em lugares desertos e orava” (Lc 5,16).

Neste encontro, a CRB reforçou o fortalecimento e os compromissos assumidos no Plano Trienal 2016/2019. Segundo a conferência dos religiosos, a espiritualidade permeia todos os recantos do existir do consagrado e da consagrada. Por isso ela deve ser integral e integradora.

“A missão da vida consagrada é justamente responder aos grandes apelos do nosso mundo onde a vida, realmente, mais sofre, mais é perseguida, mais é vulnerável, ali é o lugar da vida consagrada. Ali devemos responder como cristãos consagrados a serviço do reino”; destacou a irmã Maria Inês Ribeiro.

Durante a preparação para o seminário, a CRB preparou subsídios com temáticas que estiveram presentes durante os quatro dias de encontro. Em um deles trabalhou-se a temática: “Um Olhar Sobre o Horizonte”. O padre Rafael Lopes Villasenor, falou que olhar o horizonte significa olhar o mundo que nós vivemos hoje. Significa ver a realidade pelas quais estamos passando, nos diferentes aspectos: social, econômico, político e ver os diferentes desafios que temos.

“Nos últimos anos, estamos vivendo uma crise de ética, por grandes migrações, grandes transformações no mundo globalizado”, disse.

De acordo com a CRB, viver a profecia nada mais é do testemunhar a fé e levar a Boa Notícia experimentada em Deus que nos impulsiona a estar “em saída”. Somos convidados ao seguimento de Jesus. Seus passos, suas marcas, estão na realidade que interpela e convida a criar um clima de Reino de Deus, de justiça social, de vida com dignidade para todos.

 

CNBB