Notícias

Em clima de alegria e reflexão, a diocese de Guarapuava realizou o 17º Retiro do Funcionários

O assessor de comunicação da arquidiocese de Maringá, Everton Barbosa, foi o palestrante do evento. Everton usou de didática e também de embasamento cristão para fundamentar seu trabalho.

18/07/2018 15:25:00


Com o tema “Espiritualidade do Colaborador”, de 16 a 18 de julho, a diocese de Guarapuava realizou a 17ª edição do Retiro Espiritual dos funcionários. Ao todo, 134 pessoas das comunidades e paróquias da diocese de Guarapuava, participaram do encontro formativo.

Reflexão, oração, troca de experiências e confraternização, fizeram parte dos três dias de retiro. O encontro, como em anos anteriores, foi realizado na Casa de Líderes Nossa Senhora de Guadalupe, Bairro Santana, em Guarapuava.

O assessor de comunicação da arquidiocese de Maringá, Everton Barbosa, foi o palestrante do evento. Everton usou de didática e também de embasamento cristão para fundamentar seu trabalho. Questionamentos e exercícios de reflexão proporcionaram aos participantes uma imersão no dia a dia enquanto profissionais que exercem suas funções em favor da Igreja.

“Temos que tomar muito cuidado quanto ao juízo que fazemos das pessoas. Nosso trabalho enquanto colaborador da Igreja deve nos completar e não nos distanciar das pessoas e das situações à nossa volta. Temos que pensar, primeiramente em nossas famílias. A partir deste pensamento, os resultados enquanto profissionais, vão surgir. Às vezes, estamos tão empenhados em nos destacar na Igreja como integrantes dos grupos e pastorais, que esquecemos o verdadeiro sentido de ‘ser cristão’. Por vezes, deixamos Jesus Cristo de lado e inventamos um ideal que não condiz com a cruz nem com a missão que nos foi passada. Nunca devemos desprezar a linguagem do amor. Cristo não chamou para lhe ajudar somente as pessoas que eram consideradas corretas, santas, mas sim, foi buscar aquele que já estava esquecido, abandonado, perdido. Cristo chamou para si aquelas pessoas consideradas as piores”, ressaltou Everton.

Everton Barbosa é jornalista, escritor e palestrante. Seus trabalhos são voltados para as áreas de comunicação, empreendedorismo cristão e desenvolvimento humano.

Especialista em Teologia Bíblica, o palestrante já ganhou diversos prêmios de jornalismo em vários concursos realizados por empresas brasileiras. Ele é autor dos livros: “Comunicação Estratégica em Tempos de Crise”, pela editora “Ideias e Letras” e “Ide e Anunciai sem Medo - como falar em público”, pela editora “Canção Nova”. Everton também é criador do projeto “Empreendedores Católicos” que visa desenvolver a espiritualidade nos ambientes profissionais.

O reitor do seminário Nossa Senhora de Belém, em Guarapuava, padre Amarildo José Novakoski, falou do projeto paranaense “Cada comunidade uma Nova Vocação”. Conforme padre Amarildo, é necessário criar uma cultura positiva que busque elevar os trabalhos da Igreja em todos os âmbitos. “Precisamos criar uma cultura que fale bem da Igreja e das pessoas que dela fazem parte. Sem esta base, nada pode ser feito. As vocações precisam ser despertadas e renovadas em nosso meio. Não se pode descuidar”, refletiu padre Amarildo.

Em missa presidida na noite de 16 de julho, na capela da Casa de Líderes Nossa Senhora de Guadalupe, o bispo de Guarapuava, Dom Antônio Wagner da Silva, falou da alegria que é o encontro entre os funcionários da diocese. “A Igreja se alegra quando tiramos este tempo para a reflexão, para a oração. Eu sinto que cada um que aqui está, tem sede de conhecimento e ama seu trabalho. E, cada vez mais, precisamos de gente comprometida, de cristãos que honrem, todos os dias, nosso mestre maior, Jesus Cristo”, sublinhou Dom Wagner.

 

Galeria de Fotos