Notícias

Diocese de Guarapuava sedia Encontro de Formação Missionária

O evento ocorreu nos dias 23 e 24 de fevereiro, na Casa de Líderes Nossa Senhora de Guadalupe, em Guarapuava. Geovana Gabriela da Silva, coordenadora da Juventude Missionária do Regional Sul 2 CNBB, foi assessora dos trabalhos.

25/02/2019 14:54:00


Diocese de Guarapuava sedia Encontro de Formação Missionária

 

O evento ocorreu nos dias 23 e 24 de fevereiro, na Casa de Líderes Nossa Senhora de Guadalupe, em Guarapuava. Geovana Gabriela da Silva, coordenadora da Juventude Missionária do Regional Sul 2 CNBB, foi assessora dos trabalhos.

 

Com o tema: “Batizados e enviados”, nos dias 23 e 24 de fevereiro, sábado e domingo, respectivamente, a diocese de Guarapuava realizou um Encontro de Formação Missionária. Mais de sessenta participantes das paróquias, comunidade e institutos da diocese se fizeram presentes.

O evento que foi realizado na Casa de Líderes Nossa Senhora de Guadalupe, teve por objetivo fortalecer o espírito missionário e incentivar a implantação da Juventude Missionária na diocese. A iniciativa de realização dos trabalhos de dois dias foi de representantes do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI). Estiveram presentes, coordenadores das Santas Missões Populares (SMP), Conselho Missionário Paroquial (COMIPA), Jovem Missionário (MDJ), e Coordenadores do Conselho Paroquial de Pastoral (CPP).

O evento teve início às 08h da manhã de sábado (23), com encerramento ao meio-dia de domingo (24).

Geovana Gabriela da Silva, coordenadora da Juventude Missionária do Regional Sul 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foi assessora dos trabalhos.

Segundo destacou Geovena, o encontro foi proveitoso e de fundamental importância para os trabalhos missionários na diocese, pois através da troca de experiências, muito se obtém em se tratando de formação pessoal e espiritual. “O encontro desse fim de semana foi muito proveitoso, com muitas trocas de experiências das atividades missionárias já realizadas na diocese. A proposta da Juventude Missionária, que tem como objetivo formar e manter o espírito missionário universal no jovem foi bem recebida pelos participantes do encontro. Nós da coordenação regional ficamos muito felizes pela confiança da Ação Evangelizadora e COMIDI em motivar e articular nosso carisma entre os jovens da diocese de Guarapuava”, grifou Geovana.

Conforme a Ação Evangelizadora da diocese de Guarapuava, o encontro foi formativo e sua meta maior a partir de agora, é a de motivar os participantes, para que assumam, cada vez mais, compromissos missionários para com a Igreja e a comunidade, como incentiva o Papa Francisco.

A animação do encontro de formação foi dos seminaristas da Teologia do Seminário Nossa Senhora de Belém.

O assessor do COMIDI, padre Carlos de Oliveira Egler, disse da importância da existência da Juventude Missionária para a diocese. Conforme destacou, a partir da união por um único objetivo que é a Missão, as coisas passam a acontecer em todos os âmbitos. Padre Carlos também celebrou missa durante o evento, na capela da Casa de Líderes.

Além do assessor do COMIDI, também estiveram presentes no encontro, a coordenadora diocesana, Elizete da Aparecida Toledo, da cidade e Laranjeiras do Sul, além dos seguintes representantes: Beatriz Maria Golinhaki e Jair Sebastião Golinhaki, do decanato centro; João Celestino e Tereza Celestino, do decanato Pitanga; Simone Badzinski e Valdinei Badzinski, do decanto Pinhão e  Kelen Aline  Algeri, do decanato Laranjeiras.

O evento também contou com a participação expressiva dos jovens da Missão Diocesana Juvenil (MDJ), sob a coordenação do diácono Felipe Geraldo Madureira.

MÊS MISSIONÁRIO EXTRAORDINÁRIO

O Papa Francisco proclamou outubro de 2019 como Mês Missionário Extraordinário, com o objetivo de: “despertar em medida maior a consciência da missio ad gentes e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral”. Trata-se de evento eclesial de grande importância que abrange todas as Conferências Episcopais, os membros dos institutos de vida consagrada, as sociedades da vida apostólica, as associações e movimentos eclesiais.

Outubro de 2019 será marcante no contexto da missão na Igreja. Desde o início de 2018, vêm sendo preparadas iniciativas para oferecer às dioceses do mundo inteiro formas de animação em vista do Mês Missionário Extraordinário (MME). O site dedicado para a ocasião é um endereço no qual estão disponíveis materiais de formação, documentos, testemunhos missionários e histórias de beatos, santos e mártires de ontem e de hoje. Há também um guia sobre o MME.

O site www.october2019.va “foi criado para promover e animar o MME, de modo a contribuir, através dos conteúdos multimídia que serão inseridos, para inspirar o tempo de oração e reflexão sobre a missão ad gentes de todos os cristãos”, explicou o secretário-geral da Pontifícia União Missionária, padre Fabrizio Meroni, que é diretor do Centro Internacional de Animação Missionária (CIAM) e da Agência Fides.

A primeira área do site apresenta o tema “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo” sobre fotos de visitas do Papa Francisco a países de vários continentes e imagens que rementem à missão além fronteiras “ad gentes”. Uma barra oferece o guia do MME para download, em forma de folder, (já está disponível em português). Os outros três destaques do site são: Formação, Mundo e Testemunho. Há também um campo de artigos e notícias sobre novidades relacionadas ao tema da missão.

TESTEMUNHOS

Missionários que doaram suas vidas e que estão a caminho ou já estão entre os proclamados santos pela Igreja são lembrados como testemunhas da ação missionária. Algumas das histórias que podem ser conhecidas é a dos 19 mártires da Argélia, que serão beatificados em 08 de dezembro de 2018, na cidade de Orão, Argélia, na Basílica de Notre-Dame de Santa Cruz.

“As características comuns dos 19 mártires são: fé sólida em Cristo e seu Evangelho; amor pela terra onde o Senhor os havia enviado; a atenção e a delicadeza evangélica para o povo argelino, especialmente para os pequenos e os humildes, com especial atenção aos jovens; respeito pela fé do outro e desejo de compreender o Islã”, diz o texto.

Para acompanhar as atividades que serão desenvolvidas no Brasil, as Pontifícias Obras Missionárias (POM) disponibilizaram uma página com sugestões de trabalho e a proposta assumida pela CNBB após aprovação do Conselho Permanente da entidade.

Galeria de Fotos