quinta-feira, 9 de julho de 2020

Notícias

PRUDENTÓPOLIS: Santuário Nossa Senhora das Graças recebe imagem da padroeira

Com cinco metros de altura, a imagem ficará sobre o teto da sala dos milagres, aberta ao público todos os dias, das 7h às 18h. Nas segundas, quartas e sextas-feiras, às 19h, são rezadas missas. No domingo, as celebrações são às 10h e às 19h.

10/12/2019 14:17:00


No dia 20 de novembro último, a cidade de Prudentópolis foi presenteada com um dos ícones de maior devoção do povo Brasileiro, a imagem de Maria.

Sob o título de Nossa Senhora das Graças, a padroeira do santuário local foi instalada sobre o teto da sala dos milagres. Com cinco metros de altura e com traços delicados, em uma mistura de arte e religiosidade, a imagem foi confeccionada com a ajuda e a pedido dos fiéis numa forma de agradecimento por graças alcançadas.

A instalação do símbolo católico na cidade, deu início às celebrações do dia da padroeira, lembrado em 27 de novembro.

Levar o ícone até o teto da sala dos milagres foi uma tarefa que demandou muita técnica e dedicação. Um guindaste foi usado na operação que foi acompanhada por dezenas de moradores.

Para festejar o momento importante para toda a comunidade, uma novena foi celebrada a partir do dia 24 de novembro.

Em 6 de dezembro, às 19h, uma missa no santuário marcou a dedicação da imagem da padroeira e da sala dos milagres.

Rosângela de Andrade, coordenadora do Conselho Paroquial de Pastoral (CPP), e uma das integrantes da equipe que atua junto ao santuário, disse que a instalação da imagem na cidade foi um verdadeiro presente para a paróquia São João Batista. “A construção da sala dos milagres foi um sonho realizado em nossa cidade. Nossa Senhora das Graças é venerada por milhares de pessoas em todo o mundo. Muitos milagres foram alcançados por intercessão de Maria, com o título de Nossa Senhora da Graças. Com muito trabalho, dedicação e fé, nossa comunidade, unida na oração e doação, construiu a capela dos milagres, sendo feita a dedicação no dia 6 de dezembro às19h em frente ao Santuário, com missa celebrada pelo pároco padre Guilherme Schelbauer e pelo vigário, padre Joelcio Saibot. Foi um momento de muita emoção. Os devotos, comovidos pela fé, louvaramm a Jesus e Maria por tamanha dádiva recebida”, considerou Rosângela.

SERVIÇO

A sala dos milagres fica aberta todos os dias das 7h às 18h. Nas segundas, quartas e sextas-feiras, às 19h, são rezadas missas. No domingo, são duas as celebrações no santuário: às 10h e às 19h.

O Santuário Nossa Senhora das Graças, está localizado à Rua Cândido de Abreu, 1312, no centro de Prudentópolis. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 42 3446 1450

SOBRE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

Um dos mais valiosos presentes da Santíssima Virgem para a humanidade, foi dado no dia 27 de novembro de 1830, por meio de Santa Catarina Labouré, humilde freira da Congregação das Filhas da Caridade. Isto foi na Rua De Lubac, no centro de Paris, na Capela da Medalha Milagrosa.

Nesse dia, segundo relata a Vidente, Nossa Senhora apareceu-lhe mostrando nos dedos anéis incrustados de belíssimas pedras preciosas, “lançando raios para todos os lados, cada qual mais belo que o outro”.

Em seguida, formou-se em torno da Virgem uma moldura ovalada no alto da qual estavam escritas em letras de ouro as seguintes palavras, a bela jaculatória:

“Oh, Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”.

Esta foi uma prova do céu de que Nossa Senhora é Imaculada, concebida sem pecado original; vinte e quatro anos depois o Papa Pio IX proclamava solenemente o dogma da Imaculada Conceição de Maria no dia 8 de dezembro de 1854; e quatro anos após Nossa Senhora aparece em Lourdes e diz a Santa Bernadete: “Eu Sou a Imaculada Conceição”. Quantas provas de sua Imaculada Conceição!

A Virgem apareceu sobre um Globo, a Terra, pisando a cabeça da Serpente e segurando nas mãos um globo menor, oferecendo-o a Deus, num gesto de súplica. E diz a Santa Catarina: “Este globo representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular”. De repente, o globo sumiu. Suas mãos se estenderam suavemente, derramando sobre o globo brilhantes raios de luz. E Santa Catarina ouviu uma voz que lhe dizia:

“Fazei cunhar uma medalha conforme este modelo. Todos os que a usarem, trazendo-a ao pescoço, receberão grandes graças. Estas serão abundantes para aqueles que a usarem com confiança”. Em 1832, uma violenta epidemia de cólera assolou a cidade de Paris. Foram, então, cunhados os primeiros exemplares da medalha, logo distribuídos aos doentes. À vista das graças extraordinárias e numerosas obtidas por meio dessa medalha, o povo passou a chamá-la de Medalha Milagrosa. Em pouco tempo, essa devoção difundiu-se pelo mundo inteiro, e foi enriquecida com a composição de uma Novena.

Nossa Senhora foi a única criatura que nunca ofendeu a Deus, por isso o Anjo a chama de “cheia de Graça”; assim, ela encanta o coração de Deus e Este lhe atende todas as súplicas como nos mostra as Bodas de Canaã da Galileia. Se os nossos pecados dificultam a nossa comunhão com Deus e nos impedem de obter suas graças, isto não ocorre com Nossa Senhora, então, como boa Mãe, ela se põe como nossa magnífica intercessora.

Peça tudo o que desejar a Nossa Senhora das Graças e já comece a agradecer; pois, se for para o seu bem, Deus lhe concederá pelas mãos benditas de Sua Mãe querida. Afinal, ela é a Filha predileta do Pai, a Esposa bendita do Espírito Santo e a Mãe Santa do Filho de Deus. O que ela não consegue de Deus?

Texto sobre Nossa Senhora das Graças, escrito pelo professor Felipe Aquino/Canção Nova.

 

Galeria de Fotos