domingo, 13 de junho de 2021

Agenda

Jovem de Guarapuava será ordenado padre pela congregação Sociedade do Verbo Divino (SVD)

Marco Antonio de Miranda, fez parte da Infância e Adolescência Missionária da paróquia Santa Terezinha e disse que, a partir de então, sentiu muito interesse pela vida religiosa que leva a missão além-fronteiras.

22/04/2021 16:51:00


A Igreja está em festa, sobretudo a Congregação do Verbo Divino (SVD). Com o lema: “Viva o coração de Jesus em todas as pessoas” (Santo Arnaldo Janssen), no próximo dia 26 de junho, às 18h, a paróquia Santa Terezinha, em Guarapuava acolhe a ordenação presbiteral de Marco Antonio de Miranda. Dom Amilton Manoel da Silva, bispo diocesano celebrará a missa que dará a ordem ao novo presbítero.

No dia seguinte, 7 de junho, às 10h, Marco Antonio rezará a primeira missa na comunidade São Francisco de Assis, Bairro Jardim das Américas, em Guarapuava, local onde moram seus familiares.

O futuro padre proferiu os votos perpétuos na noite de 30 de maio de 2020, na paróquia Santo Arnaldo Janssen, na cidade de Diadema, em São Paulo. Por causa da pandemia de Coronavírus, a cerimônia que se deu às 19h, foi restrita aos padres e algumas pessoas da família do religioso.

No entanto, a missa que foi presidida pelo provincial da congregação, padre João Batista de Oliveira, SVD, teve transmissão pela internet e milhares de pessoas de todo o País puderam acompanhar.

Na ocasião, Marco Antonio disse que se sentia muito feliz com a conquista da nova etapa de formação em sua vida e que, a partir de então, os esforços e orações seriam na preparação para a ordenação sacerdotal. “Hoje professei os votos perpétuos de pobreza, obediência e castidade, como missionário verbita, mas a caminhada começou há muito tempo e posso dizer que minha vocação é fruto de outras vocações. Primeiramente, as da minha mãe e avó que sempre foram muito ativas na vida da comunidade São Francisco, bairro Jardim das Américas e, assim, junto ao meu irmão e duas irmãs, fomos crescendo neste ambiente eclesial. Senti o chamado desde criança quando via o testemunho dos missionários verbitas da paróquia Santa Terezinha”, destacou na oportunidade.

O religioso fez parte da Infância e Adolescência Missionária da paróquia Santa Terezinha, e disse que, a partir de então, sentiu muito interesse pela vida religiosa que leva a missão além-fronteiras.

“Ingressei na Congregação dos Missionários do Verbo Divino (SVD) em 2009, na cidade de Toledo, aqui no Paraná. De 2010 a 2012 estudei Filosofia em Curitiba e em 2013, fiz o noviciado na cidade de Juquiá, em São Paulo, onde professei os primeiros votos. Em São Paulo, Capital, no ano de 2014, iniciei os estudos de Teologia. Tive a graça de ser enviado em missão à Hungria de 2016 a 2018, onde aprendi uma nova língua, nova cultura e desempenhei o apostolado com os húngaros e ciganos. Ao retornar, continuei os estudos de Teologia e atualmente, estou no último ano de formação, me preparando para o envio missionário que será no ano que vem (26 de junho de 2021)”, discorreu Marco Antonio, em 2020.

O futuro presbítero contou que após 12 anos de formação verbita, sentiu o chamado à vida missionária crescer e, por isso, proferir os votos perpétuos às vésperas de Pentecostes, teve o significado do verdadeiro chamado à missão a serviço do Reino de Deus. “Agora estou consagrado para sempre como missionário do Verbo Divino, a serviço do Reino de Deus”, finalizou Marco.

Galeria de Fotos