domingo, 24 de janeiro de 2021

Notícias

Diocese de Guarapuava promove peregrinação com imagens de Nossa Senhora de Belém

A passagem das quatro imagens pelas 47 paróquias da diocese de Guarapuava tem por objetivo reforçar a devoção à padroeira. No dia 2 de fevereiro, por ocasião da festa, as imagens retornam à catedral.

27/11/2020 09:02:00


Quatro imagens de Nossa Senhora de Belém foram enviadas aos quatro decanatos da diocese de Guarapuava no último dia 21 de novembro.

A iniciativa faz parte de um projeto de evangelização e reavivamento da devoção para com a padroeira. Padre Jean Patrik Soares presidiu a missa de envio, às 10h, na catedral Nossa Senhora de Belém, que teve a participação de outros sacerdotes representando os quatro decanatos.

Conforme destaca o bispo diocesano, Dom Amilton Manoel da Silva, com a mudança da catedral para a igreja nova, a antiga será transformada em um santuário que receberá peregrinos e grupos de romeiros de todos os lugares do Paraná e do Brasil.

Todas as paróquias da diocese receberão a visita das imagens peregrinas. Durante a passagem, o nome de Maria será apresentado aos fiéis como exemplo no seguimento de Jesus Cristo.

As orações pelo fim da pandemia de Coronavírus também farão parte da peregrinação da padroeira pelas 47 paróquias da diocese, incrementando, assim, a importância de Maria como mãe e intercessora junto a seu filho, Jesus Cristo.

“O pós-pandemia exigirá das lideranças pastorais, inovação, criatividade e espiritualidade para reanimar os fiéis para o retorno à vida comunitária. A devoção mariana sempre foi uma grande força na evangelização. Maria é a figura feminina que enfrenta as dificuldades com fé, humildade e obediência. Além disso, Nossa Senhora de Belém é o título dado para a padroeira da diocese de Guarapuava. Muitos ainda desconhecem sua história e, por isso, não desenvolveram essa devoção”, diz um trecho do texto do projeto de peregrinação.

SOBRE AS VISITAS

Foram distribuídas quatro imagens de Nossa Senhora de Belém, uma para cada decanato. A partir de então, tiveram início as peregrinações pelas paróquias, em preparação para a festa do Advento, visando também, a criação do Santuário na igreja menor.

No dia 2 de fevereiro, as imagens retornarão para a catedral, onde ficarão expostas durante a festa da padroeira.

CELEBRAÇÕES

Pelo projeto, caberá a cada paróquia pensar nas atividades que serão realizadas durante os dias da visita da imagem. No entanto, algumas sugestões foram apontadas pela coordenação do projeto, tais como:

- Levar a imagem para ambientes públicos como hospitais, presídios, entre outros.

- Fazer procissões luminosas na chegada da imagem à paróquia.

- Promover carreatas pelas ruas com animação e músicas marianas.

- Levar a imagem para outras capelas, dentro das possibilidades, conforme as datas definidas para cada paróquia.

- Realizar missas ressaltando a devoção mariana, com coroação da imagem.

- Promover terços, ladainhas ou outras devoções por idade ou grupos. Exemplo: terço dos jovens, das mulheres, dos homens, dos catequistas...

- Fazer um painel e pedir para as pessoas levarem fotos de familiares para bênção e oração.

- Promover um concurso de pintura do desenho da imagem para as crianças.

ORIENTAÇÃO

Com o intuito de facilitar a peregrinação, a orientação é para que a paróquia que receberá a imagem, vá até aquela que a entregará, sempre combinando antecipadamente o ponto de encontro. Todos os cuidados em relação ao distanciamento social e à higiene devem ser mantidos no combate à pandemia de Coronavírus.

No dia 31 de janeiro, a última paróquia de cada decanato a receber a visita da imagem, ficará responsável por entregá-la na catedral.

No dia 2 de fevereiro, às 9h da manhã, haverá uma concentração na Praça da Fé, em Guarapuava e, de lá, em procissão, padres, representantes de pastorais, movimentos e leigos, percorrerão o trajeto até a catedral Nossa Senhora de Belém, para os festejos da padroeira.

No dia 6 de fevereiro, será lido o documento de criação do santuário na igreja menor.

O evento será às 9h da manhã, no local do futuro santuário (catedral antiga) e contará com a participação de todos os padres da diocese, acompanhados de duas ou mais pessoas que apresentarão as imagens dos padroeiros de suas respectivas paróquias.

Confira o cronograma das visitas em anexo:

Visualizar Anexo

Galeria de Fotos