sábado, 15 de maio de 2021

CNBB Sul 2

PARANÁ: Dom Mauro Aparecido Dos Santos, arcebispo de Cascavel, morre em decorrência da COVID-19

O bispo da diocese de Guarapuava, Dom Amilton Manoel da Silva, emitiu nota de pesar pela morte de Dom Mauro e disse que a Igreja perdeu um grande servo.

12/03/2021 11:50:00


Dom Mauro Aparecido dos Santos preside celebração na catedral Nossa Senhora de Belém, durante a Assembleia dos Bispos do Paraná, em14 de março de 2016.

Morreu nesta quinta-feira, 11 de março, o arcebispo de Cascavel (PR), Dom Mauro Aparecido dos Santos, vítima da COVID-19. Segundo a arquidiocese, o bispo estava internado desde o dia 16 de fevereiro após apresentar sintomas característicos da doença. Dom Mauro recebia oxigênio e permanecia em observação.

Devido ao agravamento da doença, o arcebispo precisou ser intubado na madrugada do dia 19 de fevereiro. O prelado estava se recuperando bem, razão pela qual, no dia 27 de fevereiro, os médicos retiraram a sedação. No entanto, com seu estado de saúde agravado na última terça, 9 de março, ele foi novamente intubado, mas não resistiu.

VELÓRIO E SEPULTAMENTO

O velório teve início às 23h de quinta-feira, 11, com a celebração da missa que ocorrerá a cada 2h. A vigília, com a presença apenas de sacerdotes, continuou até as 9h da manhã desta sexta-feira, 12 de março quando teve início a missa de corpo presente.

Não houve a presença de fiéis devido às regras sanitárias impostas pela pandemia da COVID-19. Somente membros do clero diocesano participaram das exéquias. O sepultamento ocorreu às 10h, desta sexta-feira, 12, no cemitério central de Cascavel, no Monumento da Ressurreição, jazigo destinado aos padres.

BIOGRAFIA E TRAJETÓRIA ECLESIAL

Dom Mauro nasceu em 9 de novembro de 1954, na cidade de Fartura (SP). Foi ordenado sacerdote em 13 de maio de 1984, em Jacarezinho (PR), onde exerceu sua missão como padre. Foi também reitor do seminário de Jacarezinho, chanceler da Cúria Diocesana, membro do colégio dos consultores da diocese e pároco da Catedral de Jacarezinho.

Em 14 de agosto de 1998, foi nomeado bispo Coadjutor de Campo Mourão (PR) pelo Papa João Paulo II tornando-se bispo titular em 21 de fevereiro de 1999, onde permaneceu até 31 de outubro de 2007, quando foi nomeado arcebispo de Cascavel pelo Papa Bento XVI.

Dom Mauro também foi bispo administrador da diocese de Umuarama (PR) entre 09 de maio de 2002 e 13 de dezembro de 2002. Foi vice-presidente do Regional Sul 2 da CNBB de março de 2012 a julho de 2014, quando foi eleito presidente do Regional onde permaneceu até maio de 2019.

VÍTIMAS DA COVID-19

Aos 66 anos, Dom Mauro Aparecido dos Santos é o quarto bispo da Igreja no Brasil que perde a vida por causa da COVID-19 desde o início da pandemia. O caso anterior foi o do arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal Eusébio Oscar Scheid, que faleceu no dia 13 de janeiro. Além dele, Dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares (PE), morreu em 18 de julho, aos 57 anos de idade, e Dom Aldo Pagotto, arcebispo emérito da Paraíba, que morreu em abril aos 70 anos de idade também vítima da COVID-19.

 

Nota de pesar pelo falecimento
de Dom Mauro Aparecido dos Santos

Brasília-DF, 11 de março de 2021

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebe com pesar o comunicado do falecimento, nesta quinta-feira, 11 de março, do arcebispo de Cascavel (PR), Dom Mauro Aparecido dos Santos, vítima da COVID-19.

Neste momento de luto, manifestamos nossos sentimentos à família de dom Mauro, à arquidiocese de Cascavel e aos seus amigos, reafirmando nossa fé na ressurreição: “Descanso eterno dai-lhe, Senhor. E para ele brilhe a vossa luz!”.

Seu lema episcopal era “Veni Et Sequere Me” (vem e segue-me – Lc. 18,22). Em preces, suplicamos ao Pai Misericordioso que acolha este nosso irmão e faça brilhar para ele a luz eterna.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

DIOCESE DE GUARAPUAVA

Em nome da diocese de Guarapuava, que agrega 47 paróquias com suas 1021 comunidades, além de institutos e seminários, Dom Amilton Manoel da Silva, bispo diocesano, emitiu uma nota de pesar pela páscoa de Dom Mauro.

De acordo com Dom Amilton, a morte de Dom Mauro representa uma grande perda para a Igreja à qual ele dedicou sua vida. “Mais uma vítima fatal da COVID-19. A Igreja perde um servo fiel, a arquidiocese de Cascavel perde o seu pastor, nosso Regional Sul 2 (da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB) perde uma grande força, perdi um grande amigo. Mas, todos ganhamos um intercessor no céu. Descanse em paz, Dom Mauro!”, escreveu Dom Amilton.

Com informações da CNBB